fC-5

Recentes

Estudantes de Agronomia desenvolvem atividade de agricultura de precisão

Os estudantes do curso de agronomia, na modalidade de alternância, da Faculdade Santo Ângelo (FASA), têm a oportunidade de desenvolver suas competências por meio de atividades teóricas e práticas. Na última quinta-feira, 20, os estudantes do oitavo semestre puderam explorar novas práticas de topografia durante a aula prática da disciplina de Agricultura de precisão, ministrada pelo professor Rafael Rieger Ramos.

De acordo com o professor, a prática de topografia é de extrema importância na formação acadêmica em agronomia, pois proporciona aos estudantes um ramo promissor de atuação. A topografia é uma área científica que estuda e mapeia a superfície terrestre, sendo essencial para o planejamento e execução de projetos agrícolas.

Durante a aula prática, os alunos tiveram a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos na teoria, utilizando equipamentos de topografia como uma base,  um rover GNSS RTK e um Drone. Ramos ressalta a importância da topografia para a formação. “A topografia é fundamental para o agrônomo, pois permite a análise e interpretação do terreno, auxiliando na escolha das melhores práticas agrícolas, como o plantio, irrigação e drenagem. Além disso, no mercado de agricultura de precisão, esse tipo de competência é de extrema relevância”, argumenta o docente.

A FASA, por meio de sua metodologia de ensino, busca integrar teoria e prática em todas as disciplinas do curso de agronomia. Através de aulas práticas como essa, os alunos têm a chance de aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos, tornando-se profissionais mais preparados e capacitados para atuar no mercado de trabalho. A aula prática de topografia proporcionou aos alunos do curso de agronomia da FASA a oportunidade de vivenciar na prática o que aprenderam em sala de aula. Essa experiência contribui para o desenvolvimento de suas competências e os prepara para enfrentar os desafios da profissão.

Agradecimentos ao Engenheiro Florestal Ângelo Zambon, proprietário da inPLANTE Serviços Ambientais e Topografia, por permitir o uso do equipamento pelos alunos.

Pular para o conteúdo