IMG_9925

Recentes

Aula Prática de Parasitologia e Doenças Parasitárias da Medicina Veterinária

No dia 25 de setembro, nesta segunda-feira os alunos do quarto semestre do curso de Medicina Veterinária, tiveram a oportunidade de participar de uma aula prática da disciplina de Parasitologia e Doenças Parasitárias, conduzida pela professora Sara Patron da Motta. Nesta atividade, os alunos se dedicam às técnicas coproparasitológicas, que desempenham um papel crucial na detecção de parasitos gastrointestinais em animais de grande e pequeno porte. Esta prática é fundamental para a identificação de parasitos presentes nas fezes e no ambiente, que podem causar diversos problemas à produção animal e também representar riscos à saúde humana devido a algumas espécies zoonóticas.
A atividade foi feita no laboratório de microbiologia onde os alunos tiveram acesso ao microscópio para a melhor visualização desses pequenos parasitas,onde puderam realizar as técnicas coproparasitológicas que consistem em métodos laboratoriais que visam à detecção e identificação de parasitos que habitam o trato gastrointestinal dos animais. Isso inclui vermes, protozoários e outros organismos parasitários. O conhecimento dos tipos de parasitos presentes é de extrema importância para os veterinários, uma vez que permite ações direcionadas no manejo e tratamento dos animais, além de medidas preventivas eficazes.
A atividade abrange animais de diferentes tamanhos, incluindo aqueles de grande porte, como bovinos e equinos, e também os de pequeno porte, como cães e gatos. Um aspecto crucial dessa atividade é a identificação de parasitos zoonóticos. Esses parasitos têm o potencial de infectar seres humanos, causando doenças e representando riscos à saúde pública. Portanto, a detecção precoce desses parasitos em animais é uma parte fundamental do trabalho do médico veterinário na prevenção de zoonoses.
Com base no conhecimento adquirido por meio das técnicas coproparasitológicas, os estudantes aprendem a desenvolver estratégias de manejo e prevenção de parasitoses. Isso inclui o uso de medicamentos antiparasitários adequados, o estabelecimento de medidas higiênicas e sanitárias, e a implementação de práticas de controle em fazendas e clínicas veterinárias.
Em resumo, a aula prática de coproparasitologia no quarto semestre da Medicina Veterinária é uma etapa crucial na formação dos futuros profissionais da área. Ela fornece as habilidades necessárias para identificar, tratar e prevenir parasitárias em animais de grande e pequeno porte, contribuindo para a saúde e bem-estar dos animais.

Pular para o conteúdo