visita_jovens_paim_filho

Recentes

Jovens de Paim Filho buscam inspiração empreendedora na FASA

Nos dias 06 e 07 de janeiro, um grupo de jovens do Município de Paim Filho, participantes do projeto Jovens Inspiradores, desenvolvido Prefeitura Municipal de Paim Filho e o Vívere Instituto Educacional, teve a oportunidade de visitar a FASA em busca de inspiração empreendedora.

Na ocasião o diretor-presidente da FASA, professor Rafael Rossetto, apresentou a Instituição aos jovens, além de realizar uma palestra sobre empreendedorismo e sonhos. Para Rossetto a vinda dos jovens à FASA sinaliza que  as práticas de ensino e aprendizado pela instituição são referência para outras Instituições de Ensino e projetos que almejam inspirar jovens.

O projeto “Jovens Inspiradores”, coordenado pelo professor mestre Rudimar Barea, é uma iniciativa que pode ser desenvolvida em parceria público-privada, envolvendo entidades interessadas em instigar jovens ou colaborando com o poder público. Compreendendo quatro fases integradas, o projeto tem como objetivo incentivar os jovens a despertar para a liderança e empreendedorismo. As fases incluem: 1. Formação de liderança (autoconhecimento, juventude, construção da personalidade de liderança); 2. Formação profissional (Empreendedorismo, comunicação e oratória, Marketing pessoal e profissional, plano de negócios); 3. Viagens de intercâmbio para aprendizagens; e 4. Desenvolvimento de projetos inspiradores.

A visita à FASA faz parte da fase 3, na qual os jovens, após a formação, visitam locais inspiradores para desenvolverem seus próprios projetos. A escolha da FASA foi motivada por ser uma instituição pioneira em diversas áreas, combinando suas atividades com a Growth 8 para ganhar força e amplitude, tornando-se uma fonte de inspiração, conforme destaca o professor Rudimar Barea.

Caroline Miola, uma das educandas do projeto, expressa que visitar a FASA foi uma oportunidade inspiradora, permitindo conhecer um método de ensino inovador e tudo o que a FASA oferece aos seus acadêmicos.  Segundo a educadora “é importante destacar a modalidade de alternância presente em alguns cursos, beneficiando acadêmicos que, por algum motivo, não podem estar integralmente presentes na Faculdade, permitindo conciliar suas atividades com os estudos. Além disso, a observação dos métodos construtivos diferenciados, executados com o sistema de bioconstrução, ressalta a importância da FASA para a sustentabilidade” completa a Miola.

A visita às missões representou um momento emocionante para os participantes, proporcionando uma imersão de conhecimento ao vivenciar a história das Reduções Jesuítico-Guarani por meio da visita às ruínas e do espetáculo de luzes e som.

Pular para o conteúdo