Recentes

Maio Vermelho: mês dedicado à prevenção do câncer bucal

Durante o mês de maio, a campanha Maio Vermelho destaca-se pela sua importância na prevenção do câncer bucal. Através de diversas ações educativas e de conscientização, a campanha visa informar a população sobre os riscos da doença, seus sintomas e a importância do diagnóstico precoce.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa para 2024 é de 23.200 novos casos da doença no país. Em 2023, o Brasil registrou um número significativo de casos de câncer bucal, e no Rio Grande do Sul foram contabilizados diversos casos, demonstrando a necessidade urgente de ações preventivas.

Instituído pela Lei Estadual 12.535/06, o Dia de Luta Contra o Câncer Bucal, celebrado em 31 de maio, coincide com o Dia Mundial Sem Tabaco, enfatizando a relação direta entre o tabagismo e o desenvolvimento da doença. Mais do que um mês de prevenção, o Maio Vermelho se configura como um momento oportuno para profissionais de saúde e estudantes ampliarem o debate sobre o câncer bucal, desde medidas preventivas até o suporte odontológico durante o tratamento oncológico.

Conscientizar para prevenir: a missão do Maio Vermelho na FASA

A Faculdade Santo Ângelo (FASA), comprometida com a formação integral e prática dos alunos do curso de Odontologia, realizou durante o mês de maio uma série de capacitações focadas na detecção precoce e prevenção do câncer bucal. A professora Silene Barbieri, do curso de Odontologia, liderou essas capacitações, que contaram com etapas expositivas e práticas, preparando os alunos para identificar os sinais do câncer bucal e replicar o conhecimento na comunidade acadêmica.

De acordo com a professora Silene Barbieri, esse tipo de câncer pode afetar várias áreas da boca, incluindo “os lábios, a língua, o soalho bucal, as gengivas e a mucosa jugal”. Ela destaca que é crucial estar atento aos sinais como a “formação de placas brancas ou vermelhas que não se removem com raspagem e feridas que não cicatrizam em até 15 dias”. Silene ressalta ainda que, no estágio inicial, o câncer de boca geralmente não provoca dor, o que contribui para a demora na identificação da lesão.

Alunos de Odontologia realizam ação de conscientização e prevenção ao câncer bucal

A iniciativa do Maio Vermelho desenvolvida pelo curso de Odontologia da FASA se baseia em três pilares fundamentais: informação, prevenção e diagnóstico precoce. De acordo com Carolina Jung, coordenadora do curso de Odontologia, a importância de campanhas como o Maio Vermelho está diretamente relacionada à conscientização da população por meio da capacitação dos discentes em formação. “Conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer bucal, além de capacitar os estudantes a realizar esse diagnóstico, ajuda a evitar o diagnóstico tardio de lesões malignas”, argumenta Carolina.

Apesar das estatísticas, o câncer bucal apresenta altas chances de cura quando detectado precocemente. Por isso, o Maio Vermelho torna-se uma campanha crucial para prevenção da doença, conscientizando a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce.

Para mais informações sobre as ações da FASA e como participar das próximas campanhas de saúde, fique atento as atividades do curso de Odontologia.

Pular para o conteúdo